fbpx

Tire suas dúvidas sobre eficiência reprodutiva

Tire suas dúvidas sobre eficiência reprodutiva

A taxa de eficiência reprodutiva na sua fazenda não está de acordo com o esperado? Esse é um problema de muitos produtores rurais que lidam com gado. Há, de fato, muita falta de informação sobre o assunto ainda.

Para atingir bons resultados são necessárias duas coisas: conhecimento sobre o assunto e ferramentas que subsidiem o controle de todos os processos. E, para isso, é necessário que haja determinado investimento.

Entretanto, isso não deve ser visto como um gasto, pois o retorno financeiro que as boas práticas proporcionam é muito mais elevado. É imprescindível apostar no seu próprio gado antes que a situação da fazenda se torne insustentável.

Por incrível que pareça, o Brasil é um dos países que mais lida com pecuária e, mesmo assim, muitos administradores de terra investem pouco ou quase nada para melhorar o seu empreendimento.

O que é eficiência reprodutiva

Por que estamos falando tanto sobre investimento no assunto “eficiência reprodutiva”? Porque ambas as coisas estão conectadas e é preciso ter ciência do assunto.

O termo se refere à taxa de reprodução de cada vaca. Quanto maior ela for, maior será o número de animais no rebanho.

Ter em sua fazenda vacas com alta capacidade reprodutiva é essencial, pois é a melhor forma de pensar no futuro do seu empreendimento. É um lucro praticamente exponencial, já que cada vez mais terão mais vacas aptas a ter bezerros.

Hoje em dia a inseminação artificial está cada vez mais presente, até mesmo em pequenos produtores porque, de fato, é uma ótima solução para manter o número de animais sempre crescente.

E se você já resolveu procurar sobre o assunto, com certeza voltou cheio de dúvidas. Isso é muito normal, pois o ciclo reprodutivo das vacas depende do tempo, do clima, da alimentação e de uma série de outros fatores.

Algumas dúvidas sobre eficiência reprodutiva

Quando falamos em eficiência reprodutiva muitas são as dúvidas acerca do assunto e seria necessário praticamente um livro para esclarecê-las por completo.

Aqui, separamos alguns dos maiores questionamentos dos leitores, mas, ao final, traremos uma solução para suas dúvidas.

  • Qual o papel do estrógeno no cio?

Este hormônio é responsável pelo cio. A prostaglandina (que é outro questionamento comum) é quem faz a destruição do corpo lúteo, ou seja, ocorre a diminuição de progesterona.

Isso faz com que o folículo consiga atingir a capacidade de ovulação e, assim, produza estrógeno para entrar no cio.

  • Qual a relação da retenção da placenta com o peso da vaca?

Tratando-se de vacas que não estejam passando fome e que possuam um escore corporal de 2,75 a 3,5, haverá menores chances de doenças no peri-parto. Nenhum dos extremos é bom, ou seja, muito magra ou muito gorda.

  • A alimentação influencia muito?

Uma vaca que sofre redução na alimentação em seu período de prenhez pode vir a desenvolver problemas metabólicos, então é fundamental mantê-la alimentada.

Conheça o curso do Dr. Gustavo Santos

Nada melhor do que aprender sobre eficiência reprodutiva com um expert no assunto. O Dr. Gustavo Santos traz informações pontuais e tira muitas dúvidas não somente sobre a questão da reprodução, mas sobre outros assuntos também.

Além de inteirar-se sobre tudo, você também passará a compreender como a reprodução e a tecnologia andam juntas e porque o Brasil tem baixa taxa de prenhez, mesmo tendo muito gado.

Se você deseja aumentar a reprodução de suas vacas, não pode deixar de assistir esse curso. Além do conhecimento, contar com ferramentas que possibilitem o melhor acompanhamento do cio das vacas é essencial.

Sem mais delongas, entenda um pouco mais sobre a eficiência reprodutiva no vídeo do Dr. Gustavo Santos. Acesse aqui agora mesmo!

2020-09-23T14:31:06+00:00
WhatsApp Click aqui para você ser melhor atendido