A chamada indústria 4.0 está vindo com tudo, sendo baseada em novos princípios de tecnologia e inovação. A pecuária 4.0 não fica fora dessa e os produtores estão precisando se manter em constante atualização para acompanhar o mercado.

Muitas vezes os métodos tradicionais têm apreço no mercado e eles podem até mesmo ajudar a agregar valor ao seu produto, entretanto, em contrapartida, muitas vezes faz com que o seu empreendimento se torne obsoleto, sem poder de competição.

Empreendedores que não adotam as medidas da pecuária 4.0 podem ficar para trás, pois acabam perdendo mercado devido ao preço oferecido pelos seus produtos.

E essa discrepância entre valores não se dá porque pecuaristas diminuem a qualidade de seus produtos, mas, sim, porque novas tecnologias possibilitam grande redução de custos e, ainda, maior qualidade. Ou seja, são altamente competitivos.

Afinal, o que é a Pecuária 4.0?

Mas, no final das contas, o que seria essa pecuária 4.0? Podemos dizer que é uma nova forma de gestão de processos de manejo dentro da fazenda.

O setor tem apostado cada vez mais em técnicas, ferramentas e equipamentos tecnológicos, principalmente associados à internet e compartilhamento rápido de informações, que ajudam no trato com animais.

Existem diversas inovações no mercado, como variações de currais, bebedouros inteligentes, troncos de manejo automatizados e eficientes, balanças eletrônicas com controle em tempo real, enfim, oportunidades não faltam!

E, infelizmente, o pecuarista que não buscar se integrar à pecuária 4.0 ficará para trás. É importante lembrar, também, que essa nova vertente do mercado também preza pelo bem-estar animal, o que, para os consumidores, é essencial.

Apesar de consumirem carne, o mercado está buscando fazendas que prezam pela qualidade de vida dos animais, pois entendem que – independente do objetivo da cria – os animais merecem conforto e dignidade.

Mas essa exigência dos consumidores é mais interessante do que parece, pois os especialistas apontam que quanto melhor vive o gado, mais fácil se torna o manejo e melhor é o produto final. Ou seja, todos saem ganhando.

Quais são os benefícios da Pecuária 4.0?

Mas, agora, vamos falar de uma das partes que mais lhe interessam: quais são os reais benefícios da pecuária 4.0?

  • Aumento da produtividade

As tecnologias de manejo inteligente da indústria 4.0 proporcionam o aumento considerável da produtividade. Há economia de tempo e de mão de obra, o que melhora o gerenciamento de todo o processo.

  • Redução de erros e falhas

Erros e falhas significam perda de tempo e dinheiro. Quanto mais automatizado e organizado estiverem as operações, menores serão os riscos de acontecer algo.

No caso das pesagens, por exemplo, uma operação tão simples pode acarretar vários erros. Mas, hoje, é possível usar a pesagem eletrônica que, além de precisa, gera relatórios em tempo real com o peso do gado.

  • Maior lucratividade

Obviamente, a pecuária 4.0 traz maior lucratividade. Além da economia de tempo e dinheiro, o seu produto também ganha maior valor agregado no mercado.

As técnicas são financeiramente acessíveis?

Como você pôde notar, todas essas tecnologias vêm para somar, para agregar valor e melhorar o dia a dia operacional do manejo. Entretanto, é realmente algo viável?

Porque muitos produtores, principalmente os pequenos, não possuem capital para investir na indústria 4.0.

Bem, de fato, é um ponto a ser considerado, pois tecnologias custam caro. Entretanto, há DIVERSAS ferramentas e equipamentos, sendo possível começar aos poucos a implementação em sua fazenda.

Além disso, o objetivo da pecuária 4.0 é trazer maior lucratividade. Aos poucos os próprios investimentos irão subsidiar novas aquisições. O importante é sempre buscar investir no seu próprio negócio, que os resultados aparecerão!