Gerenciamento do agronegócio: qual a melhor forma

Hoje existem bottons eletrônicos que agilizam o processo de identificação. Não é mais necessário marcar os animais à ferro ou decorar o gado pelas suas características individuais.

A tecnologia e ciência estão cada vez mais presentes no agronegócio, promovendo maior gestão e otimização de todos os processos. Ferramentas voltadas para o gerenciamento do agronegócio não são apenas para identificar os animais, mas para acompanhá-los.

Peso, sexo, idade e diversas outras características conseguem ser levantadas em apenas alguns segundos. Como? Com a identificação eletrônica, os dados já são enviados para um aplicativo, por exemplo.

Não há necessidade de papel ou de qualquer outra sistemática complexa e cansativa para catalogar o desenvolvimento e o ganho de peso do gado.

Todos os dados são planilhados em formatos digitais e em apenas um painel é possível ter acesso a todas as informações que desejar. Quanto mais elementos esse produtor rural tiver em relação ao animal, maior a facilidade de mensuração de todos os resultados.

E voltando ao aviso inicial: essa é a melhor forma de saber efetivamente a lucratividade de sua fazenda e de seu gado. Esse sistema consegue mensurar como está sendo o ganho de peso e outras características dos animais.

O gerenciamento do agronegócio ajuda a descobrir os pontos fracos e fortes

Uma fazenda que investe em gerenciamento do agronegócio consegue avaliar quais são os pontos fortes e fracos da fazenda.

Isso porque a identificação eletrônica acoplada aos dispositivos de dados consegue gerar inúmeros relatórios. Esses documentos possibilitam uma análise clara da situação do empreendimento como um todo e sobre cada animal pontualmente.

Os proprietários conseguem separar os gados em grupos que estão necessitando engordar mais, por exemplo. Isso ajuda na gestão e evolução no tratado com os animais, de forma que o gado fique nas melhores condições.

E tudo isso é um investimento que corta gastos quase que imediatamente. Um grande erro é achar que investir em gestão é gasto, visto que somente esse setor consegue otimizar e automatizar processos. E isso é a chave para a economia.

Fazendeiros se veem em apuros por não saber lidar com as movimentações do mercado e com as novas ferramentas tecnológicas que aparecem, mas elas foram desenvolvidas justamente para facilitar a vida dos proprietários.

A identificação e controle dos animais são só o começo

Há muitas formas de investir em gerenciamento do agronegócio e quanto mais os proprietários focarem em tecnologias de inovação no ramo da pecuária, maior será a lucratividade e melhor será a qualidade de tudo aqui que é oferecido aos consumidores.

Outro ponto importante é: não são somente os grandes proprietários que devem investir nessas ferramentas. Pequenos fazendeiros estarão promovendo seu crescimento ao apostar em gestão.

Quer saber mais sobre gerenciamento do agronegócio e entender melhor como a gestão pode trazer o sucesso para a sua fazenda? Acesse o vídeo neste link, o Dr. Gustavo M. G. Santo explica um pouco mais sobre alta performance no agronegócio.