BALANÇA RODOVIÁRIA PROJETO F MODELO PTE PISO DE CONCRETO

BALANÇA RODOVIÁRIA PROJETO F MODELO PTE PISO DE CONCRETO

A Açôres consolida-se cada vez mais no mercado agropecuário e industrial com uma visão empreendedora desenvolvendo equipamentos com excelência e de última geração. Por isso, tem atendido às demandas do mercado cada vez mais competitivo, exigente e que busca soluções para maior produtividade com custos cada vez mais reduzidos.

Centrada nessa visão, depois de anos de estudos e de pesquisas, a Açôres vem desenvolvendo e produzindo o que há de melhor em tecnologia.

A balança rodoviária funciona como uma caixa registradora. Ela registra a entrada de matérias-primas e também os produtos finais. É um investimento em longo prazo que viabiliza maior controle dos negócios agropecuários e industriais. Pelos motivos apresentados, o comprador, no momento da aquisição do produto, deve levar em conta não só as vantagens momentâneas, mas também as vantagens futuras do investimento. 

Os métodos utilizados para fabricação da balança rodoviária da Açôres têm sido testados desde 1956. Consequentemente, há maior garantia de sua eficácia e precisão. Temos uma equipe especializada para fazer o design e a engenharia das balanças.

Até o início da década de 1970, todas as balanças rodoviárias eram mecânicas e instaladas em bases profundas de concreto. Atualmente, as balanças estão sendo instaladas acima do solo (pitless) ou semi-embutidas (nível do solo), ambas com piso de concreto ou metálico.

Hoje no mercado há uma variedade de opções de balanças rodoviárias. É importante estar atento para o acabamento e design do produto, bem como para a qualidade dos materiais utilizados em para o acabamento e design do produto, bem como para a qualidade dos materiais utilizados em produto devem ser critérios decisivos para a efetivação da compra. 

A balança é uma ponte de pesagem construída em módulos metálicos. Possui vários conjuntos de células de carga de alta qualidade que são rigorosa e precisamente testados e aprovados pelo INMETRO. Eles são ligados ao indicador e ao terminal de pesagem que programa a capacidade e a divisão das células.

Possui estrutura metálica de vigamento principal do tipo “I” em aço A-572 grau 50, com tensão de escoamento mínima de 345 Mpa, com travessas de união fixadas com parafusos em aço inox 304, para receber a armação (ferragem) e o concreto usinado com conjuntos de apoio e ligação em aço ASTM A-36 para receber as células de carga com elementos de fixação em aço estrutural.

Os módulos metálicos são dimensionados utilizando softwares de análise estrutural e de modelagem em 3D para pesagem de veículos rodoviários de carga, o que resulta em projetos estruturais com alto grau de otimização e em processos de fabricação com mínimo índice de erros. 

As oscilações ocasionadas pelo movimento dos veículos sobre a plataforma de pesagem são minimizadas pelos batentes com regulagem milimétrica que estão posicionados em cada conjunto de células de carga da estrutura. Possui pintura com fundo e acabamento tipo MACROPOXI – 646 vermelho e jato

Pensando em melhor atender às demandas dos negócios agropecuários e industriais, a Açôres vem, a cada dia, trazendo inovações para o competitivo mercado brasileiro. Estabeleceu uma parceria com a empresa Weightech.

Líder em fabricação e distribuição de produtos de pesagem. O Indicador foi desenvolvido para atender às mais diversas situações que necessitem de gerenciamento e/ou de automação. 

Display gráfico 7” 800x480px;
• Opera com até 16 células de carga digitais ou analógicas;
• Imprime tickets de pesagem nas imperssoras Epson LX300 e Bematech MP-20;
• Diversas opções de relatórios;
• Conexão com mini-teclado padrão PC (incluso);
• Gabinete em aço inox, com grau de proteção IP65;
• Registro de até 1600 clientes e 1600 produtos;
• Armazena até 32768 registros de pesagem;
• Permite selecionar até 14 tipos de descontos;
• Relógio interno;
• Leitura remota de peso via comunicação Serial;
• Interface de comunicação Ethernet (opcional);
• Aprovado portaria INMETRO/DIMEL 205/2015.

Nota: A parte interna e a chave de calibração deste equipamento estão protegidas por lacre. Para informações das condições para acesso, procure o IPEM (Instituto de Pesos e Medidas) da sua região.

INSTALAÇÃO

Os serviços de instalação, conexão e qualquer tipo de manipulação em instalações elétricas devem ser realizados por profissionais qualificados e capacitados na área de eletricidade e estando estes com o curso para segurança em instalações e serviços em eletricidade (NR10) dentro do prazo de validade, conforme consta nos certificados expedidos quando da realização destes cursos;

Observe se o seu equipamento é adequado para áreas classificadas;

Desligue a alimentação elétrica antes de efetuar conexões, instalar interfaces adicionais ou desmontar;

Antes de abrir o encapsulamento do indicador, certifique-se de que a parte externa esteja seca e limpa.

ATERRAMENTO

A instalação correta deste equipamento obriga aterramento. A falta de aterramento ou aterramento incorreto pode causar choques elétricos e ou avarias ao equipamento;

A impedância do aterramento para um desempenho adequado deve ser menor que 5Ω. Faça o esquema de aterramento TN-S, conforme norma NBR5410-ABNT;

Nunca confundir o aterramento de proteção com o aterramento de sinal, (o aterramento de sinal se apresenta sempre mais ruidoso e pode apresentar alta impedância);

Um barramento de terra ou bornes terra concentrados em ponto

especifico do painel proporcionam uma distribuição adequada a todos os elementos;

Os condutores de aterramento não devem ser ramificados.

A interligação do cabo terra a este dispositivo deve ser individual,

partindo diretamente do barramento de terra ou dos bornes terra;

Fontes de interferência eletromagnética e equipamentos que gerem arcos voltaicos (rádios comunicadores, celulares, maquinas de solda, reatores para lâmpadas, motores elétricos, geradores, contatores, cercas elétricas e outros), devem estar afastados, pois podem provocar funcionamento incorreto e/ou avarias ao indicador de pesagem.

Quando esta proximidade for inevitável, filtros EMC, Supressores

EMC, toróides nos cabos e dispositivos de proteção elétrica devem ser acoplados a todos os dispositivos próximos e também ao indicador;

Inclua sistemas de proteção contra descargas atmosféricas às

estruturas interligadas e próximas ao indicador. Consulte um

profissional especializado, seguindo-se as condições exigíveis da

norma NBR5419-ABNT;

Em áreas sujeitas à exposição de raios e picos de alta voltagem,

recomenda-se o uso de protetores de surto (varistores ou arrestores com gases inertes).

ALIMENTAÇÃO

Um elemento de proteção individual como disjuntor ou borne fusível deve ser instalado na alimentação;

Evite a ramificação dos condutores de alimentação do dispositivo, os quais devem partir do barramento de distribuição, passar pelos filtros e dispositivos de proteção e seguir diretamente para o indicador;

Atente para a faixa de alimentação do seu equipamento;

Sempre que houver possibilidade, separar os condutores de corrente contínua dos de corrente alternada em tubulações distintas;

Não misturar o cabo da(s) célula(s) de carga com outros cabos,

mantendo este em uma tubulação ou eletrocalha independente;

Se em virtude da aplicação utilizada o cabo da(s) célula(s) não forem ligados diretamente ao indicador, o cabo utilizado para completar a interligação deve possuir os pares necessários, conforme a célula utilizada e blindagem dupla, com folha de alumínio e malha de cobre, além do condutor dreno para o aterramento da blindagem (SHIELD) (cabo igual ao da célula);

A blindagem (SHIELD) do cabo da(s) célula(s) deve estar sempre

aterrada, devendo-se assegurar a continuidade da blindagem em todo comprimento do cabo;

Evite emendas de cabos. Quando for inevitável, atente para todos

os detalhes cabíveis à operação (manter a blindagem, não trocar as características do cabo, manter o isolamento etc.);

Durante a instalação do cabo da célula, o mesmo deve ser desencapado apenas o suficiente para executar a conexão ao indicador e o cabo deve ser lançado suavemente, evitando-se que seja tracionado;

Mantenha o produto longe do sol e respeite as indicações de

temperatura, nos dados técnicos.

Leitor / Cartão (RFID) de Acesso

O Indicador permite que o seu sistema organize automaticamente o tráfego dos veículos na balança.  Ao registrar a sua entrada no pátio, cada motorista recebe um cartão de acesso, que utiliza para abrir as cancelas de entrada e de saída da plataforma. Assim, se um veículo está em processo de pesagem, o acesso à plataforma permanece bloqueado e só é liberado para o próximo veículo quando o Indicador identificar que a última pesagem foi concluída, a plataforma está devidamente vazia e os registros do sistema estão prontos para uma nova pesagem.

Semáfotos e Cancelas Automáticas

Para complementar este recurso com o máximo de segurança e eficiência nas operações, o indicador também  controla os semáforos e a abertura e fechamento automático das cancelas, identificando inclusive, a partir de sensores específicos, se há alguma obstrução na cancela que possa ser comprometida caso ela seja fechada, interrompendo o fechamento e alertando a irregularidade ao operador da balança.

Painel Eletrônico de Mensagens

Permite interação e transmite informações e instruções ao motorista do veículo.

Sensores de posicionamento

Para garantir a absoluta precisão e confiabilidade nas pesagens, o indicador mantém comunicação com sensores posicionados nas duas extremidades da plataforma, que identificam se o veículo está posicionado devidamente, antes de efetuar a pesagem. Desta forma, se uma parte do veículo estiver fora da área útil de pesagem, o sistema identificará a irregularidade e não permitirá o registro da pesagem até que o motorista posicione o veículo corretamente na plataforma.

Câmera para registro de imagens no momento da pesagem

Esta é mais uma das grandes evoluções presentes no indicador. Com esse recurso, todas as operações de pesagem passarão a contar também com um controle fotográfico dos veículos, capturando uma imagem automaticamente e armazenado com total segurança no banco de dados do indicador. As fotografias dos veículos podem ser utilizadas para emissão dos relatórios impressos ou por e-mail ou até mesmo para um monitoramento remoto das operações.